Pirataria Social (4/4)


Sem maiores objeções, o rapaz participou de todas as encenações propostas. Na hora da foto do pôr do sol na Pedra Furada, arriscou uma sugestão: um beijo. Herculana disse não. Desconsolado, Joacélio argumentou que sem a fotografia de uma bitoca não convenceriam como novo casal. Herculana, conquanto descontente de o ato encobrir partes de seu rosto e corpo que tanto gostaria de exibir, concordou. O beijo emendou em abraço, e mais beijo, e mais abraço e eles acabaram por sair do foco da câmera. Caíram na descoberta das pequenas coisas da vida real. Nem as fotos, nem os detalhes da vida comum aos dois careceram de maiores comentários ou testemunhas. Esqueceram a rede social por um bom tempo. O status de relacionamento de Joacélio só mudou quando Herculana, em uma crise de ciúmes, acusou o noivo de não querer adimitir já haver encontrado a dona do seu coração. Ao casamento se seguiu uma viagem. Ainda que, fora de seu estúdio, Joacélio o considerasse pequenino demais, o biquini de Herculana foi junto. O destino: Jericoacoara; dessa vez, sem foto.

~x~